Livros

Por Lugares Incríveis- Jennifer Niven

Autora: Jennifer Niven

Lançamento: 2015

Páginas : 335

Título Original: All The Bright Places

Tradução: Alessandra Esteche

Gênero- Categoria: Ficção Juvenil

Editora: Editora Seguinte

Sinopse: Uma empolgante e emocionante história de amor sobre uma garota que aprende a viver com um menino que quer morrer.

Opinião do Bananas: Esse livro me deixou triste, mas foi um bom tipo de triste. Por que além mostra que além da perda a vida segue.

“Ainda estou aqui, e sou grato por isso, porque senão perderia este momento. Às vezes é bom estar desperto”.

O livro segue a vida de Violet Markey que recentemente perdeu a irmã em um acidente luta diariamente com o luto e a culpa (que acha ser dela) e temos Theodore Finch um garoto que sofre com pensamentos suicidas, depressão e ansiedade.

Esses personagens se conheceram na torre do sino da escola de onde estão prestes a pular, contudo ao ver Violet, Theodore a convence do contrário.

Nota-se claramente que a autora sofreu com esses problemas pois a forma como é escrito os sentimentos, as dúvidas e a confusão na mente de Theodore e Violet é muito específica, emotiva e genuína.

Por muito tempo na leitura você acha que vai ser um final feliz, mas não é.

“-Aprendi que existem coisas boas no mundo, se você procurar por elas. Aprendi que nem todo mundo é uma decepção, incluindo eu mesmo, e que um salto a 383 metros de altura pode parecer mais alto que uma torre de sino se você estiver do lado da pessoa certa”.

Uma coisa que me incomodou é que próximo do final já sabia onde o Finch seria encontrado, pois durante a visita deles o leitor sente que algo ruim vai acontecer.

No final do livro na Nota da Autora ela expõe o seguinte:

” Se você acha que algo está errado, fale.

Você não está sozinho.

Não é sua culpa.

Existe ajuda para você”

Concordo com a autora, tais assuntos não podem ser ignorados a vida é complicada e pessoas são seres de complexos com necessidade de compartilhamento, além de que felicidade só é real quando compartilhada como é relatado no livro Na Natureza Selvagem.

No final ainda há telefones e endereço eletrônico de várias organizações, ONG e centros que ajudam pessoas que lutam com saúde mental.

Por Lugares Incríveis se tornará um filme, ainda sem data de lançamento mas sabemos até o momento que a personagem Violet Markey será interpretada por Elle Fanning.

O site “Semente” mencionado no livro foi criado na vida real pela autora e pode ser acessado no link <http://www.germmagazine.com/&gt;.

04 bananinhas

Anúncios
Livros

Corte de Asas e Ruínas- Sarah J. Maas

Autora: Sarah J. Maas

Lançamento: 2017

Páginas : 684

Volume: 3

Título Original: A Court Of Wings and Ruin

Tradução: Mariana Kohnert

Gênero- Categoria: Ficção Americana

Editora: Galera Record

Sinopse: Em Corte de Asas e Ruína a guerra se aproxima, um conflito que promete devastar Prythian. Em meio à Corte Primaveril, num perigoso jogo de intrigas e mentiras, a Grã-Senhora da Corte Noturna esconde seu laço de parceria e sua verdadeira lealdade. Tamlin está fazendo acordos com o invasor, Jurian recuperou suas forças e as rainhas humanas prometem se alinhar aos desejos de Hybern em troca de imortalidade. Enquanto isso Feyre e seus amigos precisam aprender em quais Grãos-Senhores confiar, e procurar aliados nos mais improváveis lugares. Porém, a Quebradora da Maldição ainda tem uma ou duas cartas na manga antes que sua ilha queime.

Opinião do Bananas: Livro incrível, apesar de meu favorito ainda ser o segundo.  Nesse volume é guerra, intriga, jogo de poder, personagens amadurecendo e arriscando a vida a cada 5 min de leitura.

No site da autora há informação de que pretende lançar mais livros sobre esse universo, contudo, Corte de Espinhos e Rosas é uma Trilogia. Há uma livro spin-off (Corte De Gelo E Estrelas) sobre a vida de Rhys e Feyre no Solstício de Inverno depois dos eventos de Corte de Asas e Ruínas que de acordo com o site, prepara para esses próximos livros desse mesmo universo. Por mim encerra nesse spin-off, mas vai entender cabeça de autor.

Tem algumas mortes e situações que eu mudaria, mas entendo por que foram feitas.

04 bananinhas

Livros

Corte de Névoa e Fúria – Sarah J. Maas

Autora: Sarah J. Maas

Lançamento: 2016

Páginas : 656

Volume: 2

Título Original: A Court Of Myst and Fury

Tradução: Mariana Kohnert

Gênero- Categoria: Ficção Americana

Editora: Galera Record

Sinopse: Nessa continuação, a jovem humana que morreu nas garras de Amarantha, Feyre, assume seu lugar como Quebradora da Maldição e dona dos poderes de sete Grão-Feéricos. Seu coração, no entanto, permanece humano. Incapaz de esquecer o que sofreu para libertar o povo de Tamlin e o pacto firmado com Rhys, senhor da Corte Noturna. Mas, mesmo assim, ela se esforça para reconstruir o lar que criou na Corte Primaveril. Então por que é ao lado de Rhys que se sente mais plena? Peça-chave num jogo que desconhece, Feyre deve aprender rapidamente do que é capaz. Pois um antigo mal, muito pior que Amarantha, se agita no horizonte e ameaça o mundo de humanos e feéricos.

Opinião do Bananas: Melhor livro da série até agora. Em névoa e fúria acompanhamos Feyre descobrir realmente quem Tamlin é e do que ele é capaz, como ele se mostra uma pessoa possessiva e abusiva que não se importa com o próprio povo. Todas as peças se encaixam nesse segundo livro incluindo o relacionamento Rhys e Feyre, seus novos poderes.

Uma das coisas que mais me encanta nesse mundo é a força e maturidade da personagem Feyre, como ela deixa de ser uma coisinha assustada pra se tornar uma guerreira de voz forte.

É um livro que apesar de grande você devora.

05 bananinhas

 

Livros

O Hobbit- J. R. R. Tolkien

Autor: J. R. R. Tolkien

Lançamento: primeira publicação em 1995.

Páginas : 297

Título Original: The Hobbit

Tradução: Lenita Maria Rímoli Esteves

Gênero- Categoria: Literatura Inglesa/Ficção

Editora: WMF Martin Fontes

Sinopse: Os hobbits são seres muito pequenos, menores do que os anões. São de boa paz, sua única ambição é uma boa terra lavrada e só gostam de lidar com ferramentas manuais. Este livro tem como personagem central o hobbit Bilbo Bolseiro. Ele vive muito tranquilo até que o mago Gandalf e uma companhia de anões o levam numa expedição para resgatar um tesouro guardado por Smaug, um dragão enorme e perigoso.

Opinião do Bananas: Posso dizer com certeza que os filmes foram uma ótima tradução do livro, pois há muitas similaridades e foram removidos apenas partes pequenas que não fazem muita diferença para a produção cinematográfica.

Sobre a Capa: Como ilustrado acima, minha edição é essa verde e azul, 20 cm e meio de altura e 13 cm de largura (coloquei as medições apenas para ilustrar como a edição é menor que o padrão).

Ao longo do livro têm várias ilustrações feitas pelo próprio autor que ajuda-nos a imaginar melhor esse universo.

Sobre a história: Antes de lê-lo ouvi comentários de que seria uma leitura arrastada pela descrição extensa dos locais, das tocas, das famílias mas sinceramente não achei tais alegações reais (mas também depende do gosto pra leitura de cada um).

Ao ler O Hobbit deve ter em mente que originalmente foi escrito com uma livro infantil, um livro infantil muito relevante, mas ainda assim um livro infanto juvenil.

Li O Hobbit bem rápido, amei a história assim como amo os filmes.

Não tenho muita coisa a dizer além de que é um livro muito bom que todos deveriam ler pelo menos uma vez na vida, pois Tolkien criou um universo inteiro com idiomas (com regras de escrita e fala), mapas (com reais conceitos de cartografia), criou povos, culturas, estilos tanto detalhes que fizeram Tolkien um autor lendário.

05 bananinhas

 

Livros

As Areias do Tempo – Sidney Sheldon

Autor: Sidney Sheldon

Lançamento: 1981, com edição vira-vira em 2012.

Páginas : 377

Título Original: The Sands Of Time

Tradução: A. B. Pinheiro de Lemos

Gênero- Categoria: Romance Norte Americano/ Aventura

Editora: Grupo Editorial Record

Sinopse: Em cantos opostos de um sangrento conflito, o carismático líder guerrilheiro Jaime Miró e o corrupto e sádico repressor governista Ramón Acoca estão dispostos a morrer pelos seus ideais. Quando Miró liberta da cadeia dois companheiros separatistas do ETA, Acoca passa a liderar uma implacável perseguição. Desconfiado de que o esconderijo dos revolucionários seja um convento numa região rural, ele ataca brutalmente o santuário. Quatro freiras são, então, arrancadas da paz da clausura e jogadas ao caos da turbulência política. Sob a liderança da irmã Lucia, elas escapam para a floresta, onde, a contragosto, são acolhidas por Miró e seu bando. Rumo a um local seguro, o exótico grupo precisa se dividir para despistar Acoca. Mas além de enganar seus perseguidores, as religiosas precisam, ainda, se acostumar com uma nova rotina. Sem a proteção da vida monástica, elas são vítimas de todo tipo de tentação. E a única forma de vencê-las, ao que parece, é ceder…

Opinião do Bananas: O outro lado do vira-vira sendo este com uma capa melhorzinha que a anterior.

Em questão da história em si, mostra todos os personagens principais com detalhes, tem muitas partes de “flashbacks” do passados de cada uma das freiras e não te deixa confuso ou perdido na história, muito pelo contrário você sente a tensão junto com o passar dos momentos.

O livro é muito bom, apesar de ter demorado um pouco para a leitura ‘engatar’ mas passando essa dificuldade a leitura fluiu.

04 bananinhas

 

Livros

Juízo Final- Sidney Sheldon

Autor: Sidney Sheldon

Lançamento: 1991, com edição vira-vira em 2012.

Páginas : 364

Título Original: The Doomsday Conspiracy

Tradução: A. B. Pinheiro de Lemos

Gênero- Categoria: Romance Norte Americano/ Sci-Fi

Editora: Grupo Editorial Record

Sinopse: O oficial da Marinha americana Robert Bellamy tem mais uma missão secreta. Ele foi contratado pela Agência de Segurança Nacional para localizar as testemunhas da queda de um balão meteorológico com informações militares sigilosas. Mas, enquanto tenta encontrar essas pessoas, o caso toma um rumo inesperado: Bellamy descobre que todas as testemunhas tornaram-se vítimas de assassinato. O oficial acaba se deparando com um inimigo inimaginável.

Opinião do Bananas: Infelizmente a edição que tenho é vira-vira de bolso e e são duas coisas que odeio, fora essa capa horrorosa.

Mas posso relevar tudo isso e dizer que a história é incrível, maravilhosamente bem escrita e devido ao autor também ser roteirista creio que daria um filme ótimo. O livro mistura ficção científica com conspiração governamental e tudo fica mais interessante, como o autor fala ao final do livro ele fez uma extensa pesquisa para esse livro.

Tudo tem tantos detalhes, que são rapidamente incluídos no enredo e não deixam o leitor cansar ou ficar entediado, uma leitura muito boa.

05 bananinhas

Livros

Fim da Solidão – Maureen Child

Autora: Maureen Child

Lançamento: 2010

Páginas : 183

Título Original: The Last Lone Wolf

Tradução: Celina Romeu

Gênero- Categoria: Romance

Editora: Harlequin

Sinopse: Depois de encerrar sua carreira de fuzileiro naval, Jericho King desejava apenas a companhia da solidão em seu lar nas montanhas… e um ocasional encontro sem compromisso. Mas quando Daisy Saxon chegou, seus planos acabaram, pois ele jurara ajudá-la se ela algum dia precisasse. Sem dúvida, Jericho poderia dar a ela um trabalho e um lar, tudo menos se entregar aos seus encantos. Mas ele se surpreendeu ao descobrir que o verdadeiro objetivo de Daisy era ter um filho dele!

Opinião do Bananas: É um clichê água com açúcar bem padrão com o cara fortão e mal encarado que acha que a mocinha fútil é problema e não quer nada com ela mas no final acaba se apaixonando. De início pensei que seria mais um clichê arrastado mas, na realidade se torna um romance interessante, leitura rápida, leve, daquelas que você lê num dia de tédio, quase como assistir Sessão da tarde só por que não tem nada melhor pra fazer.

As vezes gosto dessas leituras bobas e simples, ajuda a aliviar a mente. Todo mundo precisa ler um romance clichê vez ou outra.

Dos personagens:  Achei o personagem principal (Jericho King) dentro das expectativas, mas a personagem (Daisy Saxon) a vi como egoísta, folgada e entrometida, mas acho que pra história em um todo funcionou.

03 bananinhas

,