Livros

Madame Bovary- Gustave Flaubert

Autor: Gustave Flaubert

Lançamento: primeira publicação em 1856, mas minha edição é a da Abril Coleções de 2010.

Páginas : 448

Título Original: Madame Bovary

Tradução: Fúlvia M. L. Moretto

Gênero- Categoria: Literatura Francesa/ Drama

Editora: Clássicos Abril Coleções

Sinopse: Retirado do site do Grupo Companhia das letras: “Madame Bovary, publicado pela primeira vez em 1856, ainda é uma história atual sobre desilusão, infidelidade e a busca da felicidade. Revolucionário em sua época, foi o primeiro romance a exprimir a extenuante busca de Gustave Flaubert pela perfeição.”

Opinião do Bananas:

-Sobre a edição: A que me pertence é elaborada pela Abril Coleções Clássicas, encadernada em tecido, com marcador de cetim embutido, muito linda com um “ar” vintage (de livro antigo mesmo que fica morto de lindo na estante).

-Sobre a história: Este romance realista trás diversos assuntos preocupantes para a época em que foi publicado e que hoje ainda acontecem, como transtorno de comportamento/ personalidade, frustração com a vida conjugal, infidelidade, e outros. Na história, Emma pensava que sua vida seria diferente, cheia de luxos, mais interessante e não uma vidinha monótona em uma pequena vila pacata. Por sentir esse vazio e ânsia de algo mais acaba buscando aventuras, adquirindo débitos enormes dos quais não tem condições de pagar, amores avassaladores nos braços de outros que para a mesma era uma constante busca por romances descritos nos livros que lia.

Emma vive constantemente insatisfeita com a vida que leva, refletindo seu desagrado em sua filha e no esposo sem consideração e grande egoísmo.

Devido ao grande impacto causado até hoje por este clássico criou-se o termo na Psicologia,  Síndrome de Madame Bovary ou Bovarismo, quando nada trás felicidade devido a negação de sua realidade.

-Sobre a leitura: A única coisa que me deixou bem chateada nessa leitura foi a lentidão em que se desenvolve, porém entendo que é devido a escrita, pois o mesmo foi escrito em 1858 e ao longo dos anos foi adaptado e traduzido mas a forma coloquial permanece pois é a parte da essência do livro. Leitura super arrastada.

04 bananinha… só não ganha mais pela lentidão.

Anúncios
Livros

A Liga Extraordinária, Volume Um- Alan Moore e Kevin O’Neil

Autor: Alan Moore e Kevin O’Neil

Lançamento: BR 2010 (Começou a ser publicado em 1999)

Páginas : 418

Título Original: The League of Extraordinary Gentlemen

Tradução: Fábio Fernandes e Fabiano Denardin

Gênero- Categoria: História em Quadrinho.

Editora: Panini Books

Sinopse: Em 1999, o celebrado e lendário roteirista Alan Moore se juntou a seu compatriota ilustrador Kevin O’Neill para trazer ao mundo uma de suas criações mais geniais: um grupo de “heróis” a serviço de sua majestade a rainha da Inglaterra no final do século 19.

Até aí, nada demais… mas a grande diferença é que Moore e seu comparsa resolveram convocar para seu pequeno grupo de agentes secretos as maiores figuras literárias do período. Mina Murray, Capitão Nemo, Allan Quatermain, Mr. Hyde e o Homem-Invisível: são esses párias e heróis esquecidos que terão que livrar o império de uma ameaça nunca antes vista em nenhum dos clássicos livros dos quais fizeram parte! ( Via: hotsite panini)

Opinião do Bananas: Edição linda, capa dura, cheia de extras, roteiros, ilustrações originais.

A Liga Extraordinária é um grupo de personagens derivados outras Literaturas famosas, por exemplo Drácula, Mil léguas submarinas, As minas do Rei Salomão, O Médico e o monstro, O retrato de Dorian Gray, etc (é tipo uma meia versão britânica, gótica e literária dos Vingadores rsrs)

As Edições Definitivas são compostos por 3 volumes e um spin off, o volume 1 contém os quadrinhos do 1 ao 6. Lembrando também que a Liga é parte do universo DC Comics (em parte eu acho).

05 bananinhas

 

Livros

Em Busca de Esperança- Ellen G. White

Autora: Ellen G. White

Lançamento: 2016

Páginas : 80

Título Original: The story of Redemption

Tradução: Ivan Schmidt

Gênero- Categoria: Religioso, Adventista.

Editora: Casa Publicadora Brasileira

Sinopse: Como lar dos seres humanos, a Terra tem sido o palco de um conflito milenar, em que o mal parece muitas vezes prevalecer. Guerras, terremotos, devastações, doenças… Até quando tudo isso vai durar?

Opinião do Bananas: Já deixo claro que não sigo nenhum vertente religiosa, contudo recebi este livro de presente e decidi abrir a mente para esta leitura.

O livro inteiro é uma grande pregação sobre a queda dos anjos e a corrupção do homem e até quando toda nossa existência durará.

Somos levados ao erro pela capa e o título do livro pois através da arte da capa imaginamos ser um conto ou uma história pessoal  e não uma releitura da Bíblia, já o Título original do livro em uma tradução livre significa A História da Redenção que encaixa melhor com o conteúdo e não vejo por que foi traduzido para Em busca de Esperança que não tem nada haver com o livro.

Este é uma explicação resumida e interpretada da criação.

Sobre a escrita, não sei se foi um problema com a tradução mas tem muitas passagens repetitivas de deixam a leitura cansativa.

01 bananinha

Livros

Quadribol através dos séculos

Autor: Kennilworthy Whisp

Lançamento: 2001

Páginas : 63

Título Original: Quidditch Through the Ages

Tradução: Lia Wyler

Gênero- Categoria: Literatura infanto-juvenil.

Editora: Rocco

Sinopse: Se você algum dia quis saber como surgiu o pomo de ouro ou por que o time dos Vagamundos de Wigtown (Wigtown Wanderers) tem a estampa de um cutelo de açougueiro no uniforme, você precisa ler Quadribol através dos séculos (Quidditch throught the ages). Esta edição limitada é uma cópia do exemplar guardado na Biblioteca Escolar de Hogwarts e consultado por jovens fãs do quadribol quase diariamente.

Opinião do Bananas: Esse livro faz parte da coleção Biblioteca de Hogwarts que tem mais dois livros: Animais fantásticos e onde habitam e Os contos de Beedle, o bardo. São livros fictícios que são mencionados na história de Harry Potter como livros didáticos para os alunos de Hogwarts.

Contudo a autora J. K Rowling escreveu esse 3 livros para acrescentar à história principal, assim como é mencionado no 7º livro de Harry Potter a importância do livro Beedle, o bardo e ainda há a nova franquia de filmes sobre animais fantásticos.

De todos esses Quadribol através dos tempos é mais uma enciclopédia para fã conhecerem mais sobre, tipo de vassoura, times de quadribol e a origem desse jogo, é um tanto útil para os que jogam Harry Potter Hogwarts Mystery (o joguinho para smartphone), fora isso não há muita interferência para a história principal.

É um livro acompanhante que apenas acrescenta detalhes, porém nada importante.

02 bananinhas

 

Livros

Temporada de Acidentes – Moira Fowley-Doyle

Autora: Moira Fowley-Doyle

Lançamento: 2015

Páginas : 256

Título Original: The Accident Season

Tradução: Amanda Moura

Gênero- Categoria: Ficção Irlandesa.

Editora: Intrínseca

Sinopse: Acontece todo ano, na mesma época. Todo mês de outubro, inexplicavelmente, Cara e sua família se tornam vulneráveis a acidentes. Algumas vezes, são apenas cortes e arranhões. Em outras, acontecem coisas horríveis, como quando o pai e o tio dela morreram.A temporada de acidentes é um medo e uma obsessão. Faz parte da vida de Cara desde que ela se entende por gente. E esta promete ser uma das piores.

No meio de tudo, ainda há segredos de família e verdades dolorosas, que Cara está prestes a descobrir. Neste outubro, ela vai se apaixonar perdidamente e mergulhar fundo na origem sombria da temporada de acidentes. Por quê, afinal, sua família foi amaldiçoada? E por que eles não conseguem se livrar desse mal?

Uma narrativa sombria, melancólica e intensa sobre uma família que precisa lidar com seus segredos e medos antes que eles a destruam.

Opinião do Bananas:  A autora tem uma forma de escrita diferente que te leva a duvidar da realidade observada pelo personagem principal, que ora você não sabe se aquilo é real ou apenas imaginação da mesma.

O livro inteiro tem um ar de mistério, que mantém o leitor fixado e tenso durante a leitura. Bem como aspectos mais intrínsecos como a busca pessoal de respostas sobre si que todos os personagens aparentam ter, de forma que o leitor começa a questionar se essa busca pessoal é o que segura de certa maneira os personagens em seu próprio medo, assim atribuindo 100% do que acontece na temporada de acidentes.

Livro incrível e rápido de ler, adoro histórias diferentes, com uma pitada de sobrenatural.

A capa do livro é bem padrão, nada novo mas se bem observado pode notar que a imagem da moça de vestido vermelho mostra como se esta estivesse caindo para o desconhecido (a parte azul escuro), contudo se você vira o livro de cabeça para baixo é fácil visualizar que na verdade ela esta caindo de costas do Céu para a Terra. Como se já a capa quisesse mostrar que tudo é questão de ponto de vista, que uma situação pode ter  diversas explicações e nada é exatamente como observado.

A capa mais bonita que achei foi a UK, que dá uma sensação mais obscura e combina mais com a história: 

Então, brindemos à temporada de acidentes,

Ao rio que corre sob nossos pés, onde naufragamos nossa almas,

Aos hematomas e aos segredos, aos fantasmas no sótão,

Mais um brinde à estrada de água.

04 bananinhas

Livros

Maus: a história de um sobrevivente – Art Spiegelman

Autor: Art Spiegelman

Lançamento: 1980

Páginas : 296

Título Original: Maus, a Survivor’s Tale

Tradução: Antonio de Macedo Soares

Gênero- Categoria: História em Quadrinhos/Holocausto

Editora: Quadrinhos na Cia.

Sinopse: Maus (“rato”, em alemão) é a história de Vladek Spiegelman, judeu polonês que sobreviveu ao campo de concentração de Auschwitz, narrada por ele próprio ao filho Art. O livro é considerado um clássico contemporâneo das histórias em quadrinhos. No ano seguinte, o livro ganhou o prestigioso Prêmio Pulitzer de literatura. A obra é um sucesso estrondoso de público e de crítica. Desde que foi lançada, tem sido objeto de estudos e análises de especialistas de diversas áreas – história, literatura, artes e psicologia. Em nova tradução, o livro é agora relançado com as duas partes reunidas num só volume. Nas tiras, os judeus são desenhados como ratos e os nazistas ganham feições de gatos; poloneses não-judeus são porcos e americanos, cachorros. Esse recurso, aliado à ausência de cor dos quadrinhos, reflete o espírito do livro: trata-se de um relato incisivo e perturbador, que evidencia a brutalidade da catástrofe do Holocausto. Spiegelman, porém, evita o sentimentalismo e interrompe algumas vezes a narrativa para dar espaço a dúvidas e inquietações. É implacável com o protagonista, seu próprio pai, retratado como valoroso e destemido, mas também como sovina, racista e mesquinho. De vários pontos de vista, uma obra sem equivalente no universo dos quadrinhos e um relato histórico de valor inestimável.

Opinião do Bananas: História crua e real. Contada da forma como foi vivida.

Todos um dia deveriam ler.

Histórias assim não precisam de opiniões alheias e complementos, precisam apenas de respeito pelo que foi.

05 bananinhas

Livros

Livros com Seres Sobrenaturais Diferentes

Hoje é fácil fazer uma lista de livros com histórias de sereias, vampiros, e lobisomens por que existem muitos livros com esses mesmo seres, mas ainda existem aqueles autores que nos surpreendem com uma criatividade de criar novos “seres”.

Aqui mostro alguns exemplos, podendo depois fazer outras listas atualizadas.

A primeira da qual gostaria de falar é da Trilogia Wake da autora Lisa Mcmann que tem post aqui (Wake, Fade e Gone), apesar de não ser necessariamente um ser sobrenatural mas uma pessoa com habilidades sobrenaturais, a personagem tem uma habilidade bem diferente ela é sugada esteja ela dormindo ou não para dentro dos sonhos de outras pessoas, ou seja, ela é um apanhador de sonhos! Incrível né?! Pois é também achei apesar de toda a trilogia ser bem água com açúcar em certas partes.

Uma nota ainda para o livro A peculiar Tristeza Guardada num Bolo de Limão da Aimee Bender que também fala de uma pessoa com habilidades sobrenaturais e nesse caso a protagonista tem a habilidade de saber o sentimento da pessoa que fez ou produziu o alimento que ela ingerir. Falei dele aqui.

Em segundo lugar, falaremos de Emma a metade vampira metade Valquíria retratada em Desejo Insaciável da Kresley Cole, tem post aqui. Até esse livro ainda

não tinha visto uma história sobre Valquírias e nessa série Imortais tem muitas delas.

 

 

 

 

Em terceiro temos a história de uma Golem (criatura de barro da mitologia Judáica) e um Gênio (mitologia Árabe), duas criaturas únicas, que nunca tinha lido sobre, escritas pela autora Helene Wecker no livro Golem & o Gênio.

 

 

 

 

 

O quarto livro é Feita de Fumaça e Osso da Laini Taylor (um dos meus favoritos) que além de falar de anjos fala ainda de Quimeras! Seres construídos com parte de outros

seres a partir de dentes. A história é incrível e foi a inspiração desse post. e Já conversamos sobre ele aqui.

 

 

 

 

E por último falo de Garota Tempestade da Nicole Peeler onde temos Jane True

que é apenas metade humana e a outra metade é uma selkie (criaturas mitológicas da

Islândia, Irlanda e Escócia), fora ela tem diversos outro

seres estranhos, como homens pedra, kelpies, espírito de árvore, entre outros. Falei de Garota Tempestade aqui.

Encerro por hoje essa lista de livros com seres sobrenaturais na esperança de sempre encontrar autores com tal criatividade.