O livro de Cam – Lauren Kate

Título Original: Unforgiven

Autora: Lauren Kate

Lançamento: 2017

Tradução: Ana Carolina Mesquita

Páginas: 304

Gênero: Ficção Americana/Anjos

Editora: Galera

Sinopse: Unforgiven traz de volta um dos personagens mais emblemáticos da série Fallen. Cam sabe o que é tormento. Ele viveu mais no Inferno que qualquer anjo jamais deveria. Seu mais recente martírio se chama ensino médio. E o belo anjo está ciente da ironia nisso tudo. Mas após a escolha de Luce e Daniel, Cam não pode deixar de sentir que chegou a hora de também se render à única coisa que o leva mais alto que as próprias asas: o amor. Assim, Cam sela um pacto com o diabo, para tentar libertar das garras de Lúcifer a única alma que já amou: a mortal Lilith. A garota habita um purgatório particular em sua existência nos círculos do Inferno. Cada um escolhido e arquitetado com esmero pelo demônio. Tudo por causa de Cam… e seus pecados. No mais recente, ela é a pária da Escola Preparatória Trumbull. Nenhum amigo, nenhuma esperança. Mas, se em quinze dias Cam reconquistar Lilith, ela será libertada. E ambos poderão viver o amor que um dia o anjo renegou. Caso ele fracasse, há um lugar de destaque aguardando-o além da Muralha das Trevas.

Opinião do Bananas: Mais um Spin-off de Fallen que sinceramente foi um gole de água fresca, pois adoro essa série e tive uma relação de amor e ódio com o personagem de Cam, mas sempre desejei que ele também tivesse um final feliz.

Diferente dos outro spin-off dessa série ( Apaixonados e Anjos na Escuridão) esse não é constituído de diversos contos de personagens diferentes e sim aborda apenas sobre um personagem, nesse caso Cameron Briel.

A história se passa depois do ocorrido no livro Êxtase.

Matei minha saudade de forma satisfatória!

– A existência de alguém só é completamente horrível quando se prova um gostinho do que é belo – retrucou Lúcifer. – Isso serve para lembrar a pessoa de tudo aquilo que jamais poderá ter.

 

05 bananinhas

 

Anúncios

INSPIRAÇÃO CAPA DE LIVROS: Corte de Espinhos e Rosas

Voltei com mais maquiagem inspirada em capa de livros e dessa vez foi Corte de Espinhos e Rosas da autora Sara J. Maas.

SERIADO #7- TRUE BLOOD

Status: Finalizada

Gênero: Ficção Fantástica/ Vampiros

Temporadas: Total de 7 Temporadas

Lançamento: 2008

Duração: 50 min. aprox. (cada episódio)

Sinopse: Sookie Stackhouse (Anna Paquin) é uma garçonete de Louisiana que perdeu os pais ainda jovem e vive resolvendo as confusões do irmão, Jason (Ryan Kwanten). Certa noite, trabalhando no restaurente de Sam Merlotte (Sam Trammell), ela conhece Bill Compton (Stephen Moyer), um vampiro que irá mudar completamente a sua vida. Apenas dois anos após a divulgação da existência dos vampiros, Sookie descobrirá que faz parte de um mundo sobrenatural, com criaturas de todos os tipos.

Trailer:

Opinião do Bananas: Ainda na vibe de seriados de vampiros, não posso deixar de falar sobre True Blood que foi minha paixão do começo ao fim. Melhor seriado sobre vampiros.

É bom lembrar que essa serie é bem explicita com relação a violência, sexo e palavrões e/ou palavreado vulgar. BEM EXPLÍCITA. MESMO. SÉRIO.

A série não fala só sobre vampiros, mas sobre vários seres sobrenaturais, a diferença é que apenas os vampiros vieram a tona sobre sua existência.

Esta foi realizada com base na série de livros da autora Charlaine Harris, com o título de  The Southern Vampire Mysteries, são 14 livros (acho) e se não estou enganada nem todos foram publicados no Brasil. Segue a sequencia dos livros (onde começam os títulos em Inglês são os que creio que não foram publicados no BR): Morto Até o Anoitecer, Vampiros em Dallas, Clube dos Vampiros, Procura-se um Vampiro, Olhos de Pantera, Vampiros para Sempre, All together dead, From dead to worse, Dead and gone, Dead in the family, Dead Reckoning, Deadlocked, Dead Ever After e After Dead: What Came Next in the World of Sookie Stackhouse.

Capas americanas: (todas tem essa arte que parece história infanto-juvenil)

Música de abertura:

05 bananinhas

Filme de Domingo- Diferenças e Semelhanças

Título Original: The Pretty One

Lançamento: 2014

Diretor: Jenée LaMarque

Gênero: Comédia dramática

Sinopse: Duas irmãs gêmeas, uma introvertida, e a outra bela e bem-sucedida, estão dentro do mesmo carro quando sofrem um acidente. Todos pensam que Lauren, a irmã mais feia, morreu, quando na verdade foi a irmã bela que faleceu. Esta é uma oportunidade para Lauren assumir a identidade da outra, levando uma vida mais interessante em um apartamento na cidade grande.

Trailer: 

Opinião do Bananas: Uma comédia dramática diferente que mostra a busca por reconhecimento próprio e daquilo que se é capaz. Uma atuação bem água com açúcar de Zoe Kazan ( que amo de paixão e que sempre interpreta papéis excêntricos ). Uma fatalidade forçada e pouco convincente, e um contexto que por vezes nos sensibiliza. A mistura de tragedia e humor não foi bem executada, porém em momentos te faz aprender o valor da identidade própria.

03 bananinhas.

 

 

A sereia – Kiera Cass

Título Original: The Siren

Autora: Kiera Cass

Lançamento: 2016

Tradução: Cristian Clemente

Páginas: 328

Gênero: Romance, Ficção

Editora: Seguinte

Sinopse:  Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair as pessoas para se afogarem no mar. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo o que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar — pois a voz da sereia é fatal —, logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandonar Akinli para sempre. Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, ela está determinada a seguir seu coração.

Opinião do Bananas: Livro único. Adoro livro único por que não tem enrolação na trama e você não fica na expectativa de outros volumes.

A sereia nos apresenta o Oceano (aquele que tem um monte d’água) como um ser que racionaliza, como uma pessoa comum, com um lado bom, maternal que cuida e protege e outro lado sombrio, possessivo, cruel, mal e assassino.

Os Nomes dos personagens nesse livro… Gente, juro que não consigo pronunciar alguns corretamente, sério. Acho que para criar personagens únicos não é preciso confundir a mente do leitor nem tentar colocar nomes extravagantes.

No geral, gostei da história, dos personagens, não foi um livro maravilhoso, que mudou minha vidamas foi um romance bom e que entretém. Gosto de livros assim, com uma história que desenvolve rápido. São sempre ótimos para te ajudar a sair de uma ressaca literária.

03 bananinhas.

 

Filme de Domingo- Beleza Oculta

Título Original: Collateral Beauty

Lançamento: 2017

Diretor: David Frankel

Gênero: Drama

Sinopse: Após uma tragédia pessoal, Howard (Will Smith) entra em depressão e passa a escrever cartas para a Morte, o Tempo e o Amor – algo que preocupa seus amigos. Mas o que parece impossível, se torna realidade quando essas três partes do universo decidem responder. Morte (Helen Mirren), Tempo (Jacob Latimore) e Amor (Keira Knightley) vão tentar ensinar o valor da vida para o protagonista.

Trailer:

Opinião do Bananas: Elenco maravilhoso, Temática forte.

Li diversas críticas ruins declarando -o como um filme clichê, manipulativo. Críticas essas que discordo totalmente. Adorei o filme, me surpreendi com um dos elementos finais, mas entendo por que foi chamado de clichê, observando o filme rapidamente descobre-se partes da conclusão, contudo isso não tira a emoção e a real mensagem.

Um dos pontos foi que a mensagem dita pelo Tempo é que este é um luxo que temos e que desperdiçamos, como se a perda de um filho fosse trivial, mas entendi isso com outra visão que o personagem de Will Smith não deveria permanecer dormente com tudo e para tudo pelo resto da vida e perder novas experiências, sendo que seu luto não trará sua filha de volta e nem diminuirá sua dor.

O filme nos ajuda a pensar como cada um lida com sua perda. Outro ponto foi a aparente péssima atuação e sinceramente não achei uma atuação ruim, achei a forma de atuação foi proposital, as emoções fazem papel de atores ruins tentando patrocínio para uma peça e os colegas de trabalho são pessoas de coração bom que fingem ações e não sabem disfarçar quando cometem um erro ou enganam alguém por que sentem-se culpados.

A história é sobre perda seja emocional ou física, a preparação, a antecipação, todos os tipos de perda.

Por esses e outros aspectos amei o filme.

05 bananinhas

 

 

A Química – STEPHENIE MEYER

Autora: Stephenie Meyer

Título Original: The Chemist

Lançamento:  2016

Páginas: 496

Tradução: Adalgisa Campos da Silva, Cássia Zanon e Maria Carmelita Dias

Gênero: Romance Americano

Editora: Instrínseca

Sinopse: Uma ex-agente especial fugindo de seus antigos empregadores precisa aceitar um novo caso para limpar seu nome e salvar a própria vida. Ela trabalhava para o governo americano, mas poucas pessoas sabiam disso. Especialista em seu campo de atuação, era um dos segredos mais bem guardados de uma agência tão clandestina que nem sequer tinha nome. E quando perceberam que ela poderia ser um problema, passam a persegui-la. A única pessoa em quem ela confiava foi assassinada. Ela sabe demais, e eles a querem morta. Agora ela raramente fica em um mesmo lugar ou usa o mesmo nome por muito tempo. Até que um antigo mentor lhe oferece uma saída — uma oportunidade de deixar de ser o alvo da vez. Será preciso aceitar um último trabalho, e a única informação que ela recebe a esse respeito só torna sua situação ainda mais perigosa. Ela decide enfrentar a ameaça e se prepara para a pior batalha de sua vida, mas uma paixão inesperada parece diminuir ainda mais suas chances de sobreviver. Enquanto vê suas escolhas se evaporarem rapidamente, ela vai usar seus talentos como nunca imaginou. Uma trama repleta de tensão, na qual Meyer cria uma heroína poderosa e fascinante, com habilidades diferentes de todas as outras, e prova mais uma vez por que seus livros estão entre os mais vendidos do mundo.

Opinião do Bananas: As primeiras 60 páginas são um verdadeiro tédio que quase me fez abandonar a leitura. Super arrastado, sem nada que desse um up na leitura. Depois desse maçante começo a história melhora 90%, com um toque de suspense daqueles que te causa aflição pelo personagem.

Gostei bastante da evolução da protagonista, devido a vida dela que é constantemente em fuga e se escondendo, sempre vivendo sob nomes diferentes e em locais diferentes, vivendo em função do medo.

O romance incluso na história foi colocado de forma bem confusa e levemente forçado. Acho que poderia ter introduzido com outra abordagem.

A descrição das técnicas de proteção, as soluções químicas, as estratégias me atraíram bastante e trouxeram a ação que faltou no começo da leitura (principalmente pela riqueza de detalhes). E ainda mostra que a autora realizou uma pesquisa ampla sobre esses assuntos, de armas químicas, soluções, armamento e ações militares e treinamento militar.

A escrita da autora amadureceu bastante desde crepúsculo, bem como seu público alvo.

04 bananinhas…

 

D.I.Y CUSTOMIZAÇÃO DE BLUSA

Eu tenho uma blusa preta de malha leve com um modelo super bonitinho, o único problema eram os adesivos termocolantes que tinha na frente, assim resolvi transformar.

Alguns adesivos termocolantes conseguimos remover mas esses não consegui. Consegui apenas remover a aplicação de pedraria que forma esse “bolso” invertido.

Passei em cima dos adesivos uma tinta preta para que não aparecesse tanto através do tecido que apliquei por cima.

Pra fazer a customização utilizei uma bandana (dessas de usar no cabelo). 

Primeiro eu posicionei a bandana na frente da blusa deixando a bainha a mostra, pois quis que  o camuflado começasse acima desta.

Decidi também deixar as mangas sem cobertura.

Como fixação ao invés de costurar usei fita para bainha instantânea ou mais conhecida como fita mágica que é utilizada quase como um termocolante, ou seja, utilizando ferro de passar bem quente.

Depois que a barra da camisa estava bem fixada, comecei a aplicar nas laterais da camisa usando como limite a costura, aproveitei também para aplicar a fita no corpo da camisa para que o tecido fixasse melhor.

Na gola da blusa com tem um detalhe em V, fiz a colagem bem rente a margem.

Ao final da colagem virei a blusa com a frente para baixo, recortei o tecido excedente deixando um centímetro sobrando em cada lado para fazer acabamento.

Já o acabamento eu usei também a fita instantânea, mas pode ser usado qualquer método dependendo do tecido.

Ao final de toda colagem e acabamento. Passei ferro bem quente na blusa toda pra ter certeza que estava tudo bem firme.

O resultado foi esse: 

Adorei o resultado.

 

 

 

 

O Alquimista – Paulo Coelho

Autor: Paulo Coelho

Lançamento:  1988

Páginas: 176

Gênero: Ficção Brasileira

Editora: Sextante

Sinopse: O alquimista é a mágica história de Santiago, um menino pastor andaluz que anseia por viajar em busca do tesouro mais magnífico do mundo. De sua casa na Espanha ele parte para os mercados do Tânger e através do deserto egípcio para um encontro do destino com o alquimista. A história dos tesouros que Santiago encontra ao longo de sua jornada nos ensina, como poucas histórias fizeram, sobre a sabedoria de escutarmos nossos corações, aprendendo a ler os sinais que aparecem ao longo do caminho de nossas vidas e, acima de tudo, a seguir nossos sonhos.

Opinião do Bananas: Ótimo contexto, porém leitura arrastada. Um leitura que te faz parar pra pensar na vida e em sua escolhas, mostra que temos de agradecer por tudo que acontece na nossa vida, inclusive as coisas ruins pois elas acontecem por uma razão.

Livro repleto de boas frases marcantes…

“Quando você quer alguma coisa, todo o Universo conspira para que possa consegui-la”

“O que mais seduz os homens é a beleza”

“Nós sentimos medo de perder aquilo que temos, seja nossa vida, sejam nossas plantações. Mas esse medo passa quando entendemos que nossa história e a história do mundo foram escritas pela mesma Mão”

“Aprendi que o mundo tem uma alma, e quem entender essa Alma entenderá a linguagem das coisas”

“Cada um tem sua maneira de aprender”

“A vida é sempre apenas o momento que estamos vivendo”

04 bananinhas.. 

 

Seriado #6- Blood Ties

BLOOD TIES

Status: Cancelada.

Gênero: Ficção Fantástica/ Ficção policial/ Vampiros

Temporadas: Total de 2 Temporadas

Lançamento: 2007

Duração: 40 min. aprox. (cada episódio)

Sinopse: Vicki (Christina Cox) é uma detetive que procura solucionar crimes sobrenaturais. Ela conta com a ajuda do detetive e seu ex-marido Mike Celluci (Dylan Neal) e com sua secretária que é especializada em casos de ocultismo, Coreen Fennel (Gina Holden). Até que Vicki conhece Henry Fitzroy (Kyle Schmid), um vampiro de 480 anos que passa a ajudá-la em seus casos.

Trailer:

 

Opinião do Bananas: Mais um seriado de vampiros, também com bom potencial. Porém péssimos, eu digo Horrendos efeitos visuais.

Gostaria que tivesse continuado e melhorado a qualidade dos efeitos, mas cancelaram na segunda temporada.

Baseado na serie de livros da autora Tanya Huff, uma saga de 5 livros mais um livro de contos (spin off), os quais em rápida pesquisa descobri que nunca foram publicados no Brasil.

São os livros: Blood Price (1991), Blood Trail (1992), Blood Lines (1992), Blood Pact (1993), Blood Debt (1997) e Blood Bank.

Todos com uma capa mais horrenda do que a outra, segue as capas:

Apesar de serem horríveis, tenho interesse em ler os livros.

Pesquisei ainda que todos os livros publicados dessa autora são sempre dentro do universo sobrenatural: vampiros, magia, fantasmas.

03 bananinhas. Os efeitos são horríveis mesmo.